trompa se apresenta #3: sociedade desescolarizada (ao vivo c​.​e. julio de castilhos)

by trompa

/
  • Streaming + Download

    Includes high-quality download in MP3, FLAC and more. Paying supporters also get unlimited streaming via the free Bandcamp app.

      name your price

     

1.
2.
3.
4.
5.
6.
7.
8.
9.
00:29

about

toda revolução nasceu na poesia, foi antes de tudo feita pela força da poesia. esse fenômeno continua a escapar os teóricos da revolução - de fato, não pode ser entendido se ainda se apega a velhos conceitos de revolução e poesia - mas tem sido percebido por contra-revolucionários. a poesia os aterroriza. toda vez que aparece, eles fazem seu melhor pra se livrar dela com todo tipo de exorcismo, de auto-da-fé à pura pesquisa estilística. a verdadeira poesia, que tem mundo o suficiente e tempo, procura reorientar o mundo inteiro e o futuro inteiro para seus próprios fins. enquanto dura, suas demandas não admitem compromisso. traz de volta em jogo todas as dívidas não liquidadas da história. fourier e pancho villa, lautréamont e os dinamiteiros de asturias (cujos sucessores vão agora inventar novas formas de greves), os marinheiros de kronstadt e kiel, os secundaristas ocupando as escolas e todos aqueles ao redor do mundo que, conosco ou sem nós, estão se preparando para lutar pela longa revolução são igualmente os emissários da nova poesia.

no trigésimo dia do quinto mês do ano de dois mil e dezesseis, os trompístas da agremiação de música popular trompa, para prestar seu apoio aos trabalhadores e estudantes, juntaram-se aos secundaristas que ocupam o tradicional colégio estadual julio de castílios, no porto dos casais, para, com eles, propagar a nova poesia e tramar novas e inevitáveis rebeliões.

aqui, o regístro da apresentação da agremiação na situação em questão.

por uma educação desescolarizada.

---

para uma melhor audição, recomenda-se a utilização de fones de ouvido.

credits

released June 7, 2016

significado, performado, gravado, mixado e masterizado pela agremiação de música popular trompa. pelo fim da terceirização de nós mesmos.

tags

license